Cristificando

Fazer o bem sem olhar a quem… Eu diria que é a máxima do ecumenismo. Ser ecumênico é ser cristão no sentido mais literal da palavra. Ser como Cristo o foi: respeitando as diferenças, amando ao próximo como a si mesmo, amando e perdoando os inimigos… Amando… Amor: eis a chave da questão.

Hoje vivenciamos a proliferação de religiões e igrejas que, por muitas vezes, negligenciam o amor. É comum ouvir os membros de uma falando mal da outra ou, na melhor das hipóteses, apregoando ser a sua igreja a melhor e a correta, aquela que levará os verdadeiramente fiéis à salvação… Seria hilário, não fosse triste.

O iluminado Padre Fábio de Melo deu uma lição sobre ecumenismo em seu programa (veja no youtube) e a evangélica Ana Paula Valadão, brilhante vocalista do Ministério Diante do Trono, disse saber que sua resposta não iria agradar a todos quando perguntada sobre uma música sua gravada pelo Padre, não menos iluminado, Marcelo Rossi (de novo, youtube). Eis o ecumenismo na prática.

É engraçado como as pessoas deturpam o que é bom… O que é puro… Vivem rotulando aquilo que não conhecem ou não simpatizam… Particularmente adoro cristais, acho que têm um certo charme…  A harmonia representada pelo Feng-shui é nítida… Os livros da Zíbia Gasparetto trazem alento e dão uma nova postura ao indivíduo tão temeroso quanto ao que há após a morte… Francisco Cândido Xavier… Bem, esse dispensa qualquer comentário…

Não importa a religião, importa aquilo em que se acredita… Importa o que é gerado e cresce no amor… Como diria JQuest, “amor maior que eu”

Religião verdadeira é aquela que quer a evolução do ser humano em todas as instâncias, é aquela que é caridosa, solidária, que busca mais “compreender do que ser compreendido, amar que ser amado” (Oração da Paz, atribuída a São Francisco de Assis, meu Paizinho querido)…

“Imagine all the people living life in peace… You may say “I’m a dreamer, but I’m not the only one… I hope someday you’ll join us, and the world will live as one…”

(Imagine todas as pessoas vivendo a vida em paz… Talvez você diga que eu sou um sonhador, mas eu não sou o único… Espero que você junta-se a nós um dia, e o mundo viverá como um todo único…) – John Lennon, Imagine.

Paz e bem, sempre!

Francisco Costa

Acessibilidade: Ouça o texto aqui

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s